Lily Litvak

.

.

fui ao cinema ver Uma noite no museu 2. Bem acompanhado, já havia garantido o bom passeio. Porém, o filme rendeu algo além de uma crítica cinematográfica, ele era a cara do Imagens e Letras e sua convergência de temas. Outro detalhe foi a ênfase dada a Amélia Earhart, personagem histórica pela qual sou fascinado e que venho pesquisando já há algum tempo e que postei aqui no blog. Na America, naqueles anos, quem não queria ser como a Amélia? No entanto, gostaria de apresentar outra mulher dos ares, mais jovem e talvez mais ousada que a heroína americana.

Lily Litvak, apesar de não ter o marketing histórico da Amélia Earhart, é considerada o mais famoso piloto feminino de todos os tempos. Ela pilotou com destreza durante a II Guerra Mundial e abateu doze aviões alemães em batalhas aéreas com apenas 22 anos. Lily ficou conhecida como a “Rosa Branca de Stalingrado” e foi condecorada pela coragem que ela demonstrou defendendo seu país.

Lidya Vladimirovna litvak nasceu em Moscou, Rússia, em 18 de agosto de 1921. Aos quinze anos fez seu primeiro vôo solo. Quando começou a Segunda Guerra Mundial, decidiu entrar na batalha. Com rosas brancas pintadas nas laterais de seu avião de combate Yak-1, foi o pesadelo dos pilotos alemães. Lily foi, literalmente, caçada nos céus pelos nazistas que estavam decididos a ter sua vingança sobre esta mulher judia russa que havia derrotado os seus camaradas tantas vezes antes.

Na verdade Lily litvak representou uma geração de mulheres destemidas. Como ela, muitas outras mulheres foram integradas com os homens em unidades da aviação. Por exemplo, em 1944, milhares de meninas entraram na guerra como pilotos. Contrariaram as suspeitas e piadas masculinas com coragem e habilidade e obtiveram uma média  inigualável.  Ganharam ordens e medalhas e  detiveram 29 títulos de Heroinas da União Soviética.

No fim, numa das mais insanas batalhas, a loirinha de tenra idade foi vista entre oito aeronaves alemãs, perseguindo e sendo perseguida. Após derrubar alguns caças inimigos, foi abatida. A Rússia chorou sua morte. Apesar de buscas intensas o corpo dela foi perdido por várias décadas. Finalmente, em 1979, ela foi encontrada, enterrada abaixo da asa de sua aeronave. Durante o seu funeral oficial de Estado em maio de 1990, o Presidente Mikhail Gorbachev condecorou-a com a honraria Heroina da União Soviética e o Gold Star. Embora tenha lutado e morrido sozinha, a saga de Lilya Litvak é a mais linda história da aviação mundial.

.

.

.

Outras propostas:

Amélia Earhart

Flagrantes Históricos

assine o feed twiter

Anúncios

9 Respostas to “Lily Litvak”

  1. Fernando Says:

    Não creio que tenha derrubado tudo isso de aviões alemães, Gosto dos russos mas acho que eles estavam precisando de alguns heróis e ou heroina na ocasião da guerra. para elevar a moral conta os Nazi. Mas boa noticia!

    • Hamilton Says:

      Então vá ler a edição recente da RECORD “Rosa de Stalingrado”, tradução do francês “La Rose de Stalingrad” e terá certeza de que a mulher era exatamente o que se diz dela: heroina, grande piloto e com mais coragem do que muito marmanjo, na Rússia ou aqui. Ela acertava mesmo aqueles nazistas malditos. Gloria a Lily Litvak!!

  2. sidnei Says:

    bom divulgar fatos e pessoas importantes e desconhecidas, enriquece o conhecimento. Nem nas escolas se toca nesse assunto embora falem das guerras periodicamente.

  3. Cristiano César Says:

    Fiquei impressionado, não tinha a menor ideia de que uma mulher assim extraordinária tivesse existido, de qualquer forma pouco importa a quantidade de aviões alemães que ela abateu mas sim sua capaçidade de vençer os preconçeitos da epoca em que as mulheres nem podiam ter opiniã respeitada quanto mais lutar e mostrar que possuiam força iqual ou até superior, parabéns pelo informativo!

  4. Concordo com o Fernando!
    É como o Vassily Szaitzev, tido como herói, mas foi um herói criado para elevar a moral das tropas russas (apesar de ele ter matado muitos nazis).
    Vai saber a realidade dos fatos né?
    Abraços

  5. o linda ficou por sua conta ……hehe

  6. Gawaim Says:

    Na verdade Lily foi uma das poucas que puderam pilotar caças de alta-performance no front russo. A maioria dos “bons” caças foi retirada da defesa da linha de frente russa para defender a Capital – Moscou – e outros alvos estratégicos mais ao interior do território russo (fábricas, sede de governo, o governo em si…)
    A principal linha de defesa aérea russa era de antiquados biplanos, lentos e extremamente frágeis, fabricados pós 2ª guerra ainda em conceitos antiquados, e eram sempre pilotados por mulheres. Foram deixadas para trás nas bases da linha de frente pois eram consideradas pilotos de 2ª linha, quase descartáveis e tinham a missão de retardar o avanço alemão, os russos não queriam perder seus melhores pilotos no primeiro moemento de batalha.
    Honraram a farda! Mesmo com aviões deficientes, emboscaram e derrubaram muitos aviões de transporte, bombardeiros, e até mesmo alguns caças desprevenidos, o indice de baixa era minimo e em algumas bases quase que nenhuma baixa mortal, inflingiram verdeiro terror entre as tropas terrestres!
    Quando derrubadas, costumavam aparecer dias depois em suas bases quando já eram consideradas mortas (Sabiam que não podiam enfrentar caças, então quando atacadas e atingidas por fogo inimigo tratavam e ir logo para o solo e tentar aterrisar – geralmente dava certo)
    Uma deles consegui mesmo aterrisar e entrar dentro de um bosque sã e salva com seu avião fugindo de um caça.
    (Fonte; Editora Renes – 2ª Guerra Mundial)

  7. Gawaim Says:

    Sugiro que o blogue aborde uma matéria sobre as donas-de-casa americanas que tinham a missão de transladar os aviões novos da fábrica até suas bases – algumas na linha de frente da guerra – durante a 2ª Guerra mundial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: