Dieter Rams

.

.

Falar em design hoje é lembrar de Steve Jobs e Jonathan Ive, e em 2011 o iMac fará seu 13 º Aniversário, o computador que mudou tudo na Apple. Porém, O que a maioria das pessoas não sabe é que há um outro homem cujos produtos estão no cerne da filosofia do design, e que é uma sombra sobre as criações de Jobs e Ive. Esse homem é Dieter Rams. Você provavelmente já teve contato com algum produto desenhado por ele. De calculadoras até barbeadores, os seus produtos ainda hoje servem de referência para o mercado. E a relação com a apple é muito próxima, e talvez, perigosamente, próxima demais…

Dieter nasceu em maio de 1932 em wiesbaden, alemanha. Em 1955 ele recebeu uma oferta de emprego na Braun, Fundada em 1921 por Max Braun, e assumiu a direção do departamento de design 5 anos depois. A partir daí influenciou a aparência dos eletrodomésticos da empresa, fazendo com que ficassem conhecidos no mundo todo.

Em 1991 foi-lhe concedido o título de doutor honoris causa pelo ‘royal college of arts‘, Londres. Em 1996 ele venceu o “world design medal” da Industrial Designer Soceity of America. A maioria dos seus projetos nos tempos da “Braun” tornaram-se parte da coleção permanente de muitos Prestígiados museus internacionais, suas obras estão no ‘Moma‘, New York, no ‘Werkbund Archiv‘, Berlim, no ‘Victoria & Albert museum‘, Londres, e por aí vai.

Você agora vai comparar as semelhanças claras em duas filosofias muito além da escassa utilização da cor, selecção de materiais e moldagem em torno da função sem um design artificial. O mais incrível é que os princípios estabelecidos pela apple ( Jobs, Ive ) está na raiz da boa concepção deste senhor de pouco mais de 70 anos. Se é cópia, não sei, se é evolução…

Observe os detalhes e tire suas conclusões. Fazer isto não é um desmerecimento dos serviços prestados pela apple para o design, é sim, uma reconstrução do caminho traçado pela criação que, se comprovada a análise, pode ter avançado em função, mas nem tanto em forma e cor ( ou nem isso, vê a calculadora do Iphone e a de Dieter) .

.
.

Outras propostas

.

assine o feed twiter

3 Respostas to “Dieter Rams”

  1. Nada é original o suficiente, tudo apenas se transveste, tudo se copia.
    é verdadeira a pergunta “é cópia, é evolução?” inspirar-se em algo é uma coisa, criar do zero é outros quinhentos. e viva Dieter Rams.

  2. “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se COPIA”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: