artew21

.

separador

.

Slava Groshev

.

falar de artistas contemporâneos é difícil, pois a comparação com pintores consagrados é imediata, o que torna a avaliação mais cruel. No entanto, alguns bons pintores tem surgido. Slava Groshev é um exemplo, este pintor russo (40), formado em desenho e pintura, já tem quadros em coleções particulares pelo mundo afora. A obra de Slava pode confundir os olhares, a comparação com arte digital é inevitável, mas não se deixe enganar, o processo é à moda antiga, ou seja, pincel, tinta e talento. Slava Groshev morou e desenvolveu sua arte no Canadá.

.

Imagens Aqui
.

arte3 arte2

.

separador

.

Joahan Lorbeer
.

johan Lorbeer, um alemão da cidade de minden, se tornou famoso nos últimos anos especialmente por causa da sua perfomance “Still-Life”, que ocorre com freqüência em áreas públicas. Várias destas performances ele apresenta-se em posições aparentemente impossíveis. Suas exposições como “Proletarian Mural” e “Tarzan” são famosas na Alemanha, mas ainda desconhecidas internacionalmente. Porém, museus e galerias como o Berlim Neue Nationalgalerie, Munique Arquitetura Museum, Copenhague arte, China Academy of Art, tem experimentado grande sucesso com sua exposição.

Johan desafia a lei da gravidade trabalhando com ilusão. Numa situação normal no escritório, por exemplo, ele se senta e, de certa forma a habitual lei da gravidade não funciona, não precisa de uma cadeira, está sentado no ar. As imagens foram alvo de muitos questionamentos. Alguns achavam que o Photoshop havia sido usado, o que impossibilitaria uma exposição pública, que é o forte de Johan Lorbeer. Outros discutiam leis gravitacionais. Porém revelo nesta galeria de fotos o segredo utilizado pelo artista. O segredo, neste caso, seria mais agradável para a sua obra.

Ele está trabalhando atualmente com um programa especial de computador, concebido para produtores de mobiliário de escritório, para criar novos móveis ergonômicos e de design inovadores.
.

Imagens aqui
.

arte4 arte6

.

separador

.

Jacek Yerka
.

percebi que alguns críticos sentem dificuldades em ler uma obra surreal. Talvez pela presença do imponderável, do intangível, do inexplicável nestas obras e à sua proximidade maior com o subconsciente do que com o racional. É provável que além da percepção do imaginário fértil, cores fortes e traços firmes,  a  leitura não encontre consistência também pelo não conhecimento do contexto pintor/sua época/seus sentimentos e outros detalhes influenciáveis. No entanto o julgamento apenas da forma também é verdadeiro.

O surrealismo é importante para a arte assim como outros movimentos o foram, e é importante conhecer os surrealistas, os cubistas, etc. Dito isto quero apresentar aos leitores o polonês Jacek Yerka, de 1952, proveniente de uma família de artistas, portanto, íntimo da tinta, pincel e papel, porém, artista em tempo integral só a partir de 1980. Suas influências, segundo ele, são Cagliostro, Hieronymus, Pieter Bruegel e outros. O estranho quando falamos de um artista contemporâneo como o Jacek Yerka, é o fato de morar bem ali, ter um site, ser solicitado para filmes sci-fi e literatura fantástica, ou seja, está dentro do nosso contexto. Se isso atrapalha ou não a leitura da sua obra, saberemos no futuro.

.
Imagens aqui
.
artt arttt

.

separador

.
Jacques Joseph Tissot

.

apresença de duas mulheres, com um homem, e um pouco suntuoso piquenique foi considerada escandalosa e imoral em 1876. E o autor desta obra foi atacado pelos críticos em todos os principais jornais da época.

Jacques Joseph Tissot nasceu em 1836 em Nantes, França. Grande parte de sua educação, Tissot recebeu informalmente, através de amigos, conhecidos artistas da avant-garde e escritores. Estudou na Ecole des Beaux Arts em Paris com os mestres Ingres, Flandrin e Lamothe, e expôs no Salão de Paris pela primeira na idade dos 23 anos. Alcançou reconhecimento oficial pelo seu trabalho bastante depressa. A característica do seu primeiro período foi como pintor dos charmes femininos. Demi-mondaine seria a forma mais acurada de denominar uma série de estudos que ele chamou de La Femme a Paris (A mulher em Paris).
Foi forçado a tomar refúgio em Londres na seqüência da sua alegada participação no turbulento evento da Comuna de Paris em 1871, sendo perseguido, acusado de ser comunista. Tissot’s, em Londres suscitou considerável ciúme entre seus colegas impressionistas, onde foi considerado um artista de valor menor.

Em meados de 1876, Tissot conheceu uma divorciada, sra. Kathleen Newton, que se tornou sua companheira e modelo para diversas pinturas. A sra. Newton mudou-se para a propriedade de Tissot em 1876, onde viveu com ele até o seu suicídio, e onde já vivia os últimos estágios da sua tuberculose. Tissot nunca recuperou dessa tragédia, e transferiu-se de volta para Paris, dedicando o resto de sua vida a pintar cenas religiosas. Ele visitou o Médio-Oriente duas vezes para encontrar o verdadeiro background das suas novas pinturas. Nos últimos anos, curadores japoneses e americanos têm alimentado um grande aumento no valor das pinturas de Tissot, porém, os críticos permanecem hostis. Será que importa?

.
Imagens Aqui
.
arttyssartysou

.

separador

.

Willian Bouguereau

cS Lewis e Jr Tolkien me deixaram encantado quando apresentaram uma outra leitura para a mitologia. Na verdade, conheci a mitologia lendo Câmara Cascudo, mas foi com o mestre Willian Bouguereau que a visualizei. Ainda, foi com a mitologia de Bouguereau que aprendi a gostar de arte, pois ele foi além da representação mitológica, e tornou-se um dos mais importantes pintores da história.

Bouguereau recebeu quase todas as recompensas possíveis durante a sua carreira. Nasceu em La Rochelle, na costa atlântica da França, em 30 de novembro de 1825. Quando trabalhava com os pais no comércio de azeite, um cliente convenceu-os a permitirem que o filho fosse estudar na Ecole des Beaux Arts de Bordeaux. E logo em 1844, após apenas dois anos de estudo em tempo parcial, Bouguereau ganhou o primeiro prémio de valor em pintura para uma tela representando Saint Roch. Este prêmio foi o catalisador de Bouguereau para o futuro da carreira. Depois veio Paris, depois Roma. Graças a sua influência as instituições de arte francesas abriram suas portas para as mulheres.

Bouguereau tinha o hábito de passar os verões em La Rochelle, em um estúdio de pintura que ele tinha construído lá. Após vários anos de doença cardíaca, ele morreu em La Rochelle em 19 de agosto de 1905. Pensa-se que a sua situação foi agravada pelo roubo de sua casa e do estúdio em Paris. Ele está enterrado no cemitério de Montparnasse, perto do bairro onde morou. Este resumo não mostra quem foi Willian Bouguereau, mas as imagens abaixo apontam a dimensão da pintura deste mestre que abre nossa coluna de arte.

.
Veja as Pinturas aqui
.

artbu artbu2


.

separador

.
Salvador Dali

aimaginação se manifesta livremente, sem o freio do espírito crítico, o que vale é o impulso psíquico. Os surrealistas deixam o mundo real para penetrarem no irreal, pois a emoção mais profunda do ser tem todas as possibilidades de se expressar apenas com a aproximação do fantástico, no ponto onde a razão humana perde o controle. Por meio de formas abstratas ou figurativas simbólicas, as imagens da realidade mais profunda do ser humano, mostra-se o subconsciente. Salvador Dali é, sem dúvida, o mais conhecido dos artistas surrealistas. Segundo ele, é preciso “contribuir para o total descrédito da realidade”. Selecionei outros, não pela importância de suas obras, mas pela força que a imagem expressa. Clique no nome e visite a fantástica galeria.

.

Veja as pintuiras aqui
.

arttdavin arttdavin2

.

separador

.
Ron Mueck
.

ron Mueck Cresceu vendo os pais construírem brinquedos, é um escultor australiano hiperrealista que ultiliza efeitos especiais cinematográficos para criar obras de arte. São incrivelmente realistas e se não fosse o tamanho das esculturas seria fácil confundi-las com pessoas. Não tem site oficial.

Exposição aqui

artmu artmue

.

separador

.
Gunther von Hagen
.

aexposição “Corpo Humano como nunca o viu” (“Bodies – The Exhibition”, no original), choca e ao mesmo tempo fascina milhões de pessoas em todo o mundo.

A iniciativa mostra a anatomia do corpo humano em todas as dimensões, para tomarmos consciência da nossa complexa “máquina”. O método e a matéria-prima utilizados continuam a ser o centro da discórdia: Dezenas de cadáveres e centenas de orgãos. Aqui estão patentes espécimes humanos reais para oferecer um manual visual do corpo humano, diz o comunicado oficial. O processo a partir do qual foi possível organizar a exposição tem suscitado um coro de críticas no mundo todo. Os espécimes foram alvo de métodos de preservação para impedir a decomposição e permitir a dissecação de “sistemas e estruturas específicos“. Preconizado pelo alemão Gunther von Hagen, o método da “plastinação” resume-se na imersão do espécime ou orgão dissecado «em acetona para evacuar toda a água do corpo» . Posteriormente, leva um «banho de polímero de silicone [como silicone de borracha ou o poliester]» e é «selado numa câmara em vácuo» . A «acetona sai do corpo em forma de gás e é substituída pelo polímero de silicone até ao nível celular mais profundo; O polímero de silicone endurece» e assim o espécime é preservado de uma forma perfeita, como se tivesse vida já que consegue manter o relevo original e a identidade celular.
Gunther von Hagens, conhecido como o escultor de cadáveres” ou o Salvador Dali do corpo humano“, tem vindo a enfrentar forte contestação por, alegadamente, ter comprado cadáveres de vítimas de execução na China. Em 2004, a Sociedade Internacional de Direitos Humanos chegou a exigir, em vão, o fim da exposição itinerante que tem recolhido em todo o mundo severas críticas e rasgados elogios.

.

Veja a exposição aqui

.
arttvon1 artvon1
.

separador

.


Anúncios

10 Respostas to “”

  1. […] . Veja também Arte […]

  2. […] Por João Bosco (Blog Jota bê) Veja também Ciências da Religião […]

  3. noirin borges Says:

    De facto o surrealismo e a procura continua da nossa essencia e ai que a esta a via para a compreensao do ser humano e do universo. Ser surrealista e estar continua e empenhadamente estudando, procurando saber mais e mais, sobre tudo!!

    Um surrealista. Parabens pelo seu excelente trabalho.

  4. Gostei muito das obras são impressionantes as figuras gigantes e a forma como trabalha com a realidade e descontextualiza transformando numa ficção real.

  5. impressionante muito o que ver muito o que aprender !!!!
    http://minhasartesrubensparizio.blogspot.com/
    parabéns !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. manoel Says:

    amei tudo, parabens.

  7. Olá,

    Fiquei muito curioso à cerca da performance do Joahan Lorbeer.
    Algo a pesquisar.
    Os artistas mencionados são de facto referências (algumas já históricas como o caso de Boguereau) no mundo da Arte.

    Cumprimentos,

    José

  8. mario junior leme Says:

    adorei esta página, pretendo visitá-la mais vezes
    parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: