África – O ocaso?

.

.

ma das grandes industrias com o pé na África há tempos, é a de medicamentos. Sua história é marcada por muitas denúncias e processos judiciais. Não são poucos os que afirmam que a África é um grande laboratório de teste de misturas químicas e cobaias humanas. Outra combinação explosiva é a da industria de diamantes que mantém no Continente uma verdadeira rede de tráfico, usando os próprios natívos como atravessadores. Manipulando facilmente os governos incompetentes e corrompidos.

Não bastasse o embate étnico que dizima milhares de seres inocentes a cada levante, numa explosão de violência inconcebível, a falta de governabilidade da África arrasta atrás de sí a fome, as pestes, o abandono e a exploração por parte dos países do primeiro mundo. Assuntos tão sensacionalistas que tem indicado e premiado filmes como “O Último Rei da Escócia”, “Hotel Ruanda”, “Tiros em Ruanda” e “Diamantes de Sangue”.

Não há nenhum show de caridade, nenhuma coleta de alimentos, nenhuma forma de conscientização, nenhum ser na terra capaz de mudar a trajetória deste continente senão seu prórpio povo. Nenhum ser na terra é suficientemente inteligente e capaz de entregar a solução completa e pacífica para a África senão o próprio africano. Plageio uma frase de Jesus e digo “O mal não é o que entra na África e sim o que sai, o que sai expõe um coração sem forças e entregue ao clientelismo”. As imagens mostram uma rotina nas cidades deste continente inexplicável. Não mostram a violência final, mas a dança que antecede a famigerada e inebriante ferocidade do bicho homem.
.

Imagens Aqui
.



.

Veja Também
Sos África

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: