China, India e Indonésia, tem o nível mais elevado de crianças trabalhando do mundo. Perto de 122 milhões entre os 5 e 14 anos de idade. De acordo com o OIT (Organização Internacional do Trabalho), metade das crianças realiza trabalhos considerados perigosos. Dando uma breve panorâmica no mundo, temos a India, onde há aproximadamente 12.6 milhões de crianças são forçadas a trabalhar na agricultura ou no espaço doméstico e em muitos deles são envolvidas no negócio da prostituição; o Egito, Onde “menor” é considerado àquele têm menos de 14 anos, acima disso é legal; o Líbano, onde a maioria deles fazem trabalhos manuais que exigem quase nenhuma qualificação, como trabalhos mecânicos, coleta do lixo, etc; a Síria, onde, de acordo com a UNICEF, muitas crianças foram empurradas para incorporar o mercado de trabalho por causa da pobreza; o Peru, onde 70 por cento das crianças e dos adolescents fazem algum trabalho no setor da agricultura sob circunstâncias precárias, com a saúde em risco porque estão em contato permanente com agrotóxicos.
Quase nenhum país do mundo está livre. No primeiro mundo, como exemplo, temos a Italia, lá o trabalho infantil afeta mais de 400.000 crianças entre de 7 e 14 anos, de acordo com o instituto das investigações econômicas e Sociais (IRES). As estatísticas acima tem o aval não só dos Ministérios do Trabalho de seus países , mas também de uma infinidade de ong´s pelo mundo. Um post assim não vai mudar os números da noite para o dia, mas vai informar e conscientizar milhares de pessoas de que há situações injustas e difíceis de se combater. Ver números é uma coisa, mas ver imagens é outra dimensão da história. Não há números que sobreponha uma indiscutível sequência fotográfica. As imagens a seguir traduzem este texto para a cruel realidade da exploração infantil.

 

Veja Também

Onde estão nossas crianças ?

 

 

Veja Também

Onde estão nossas crianças ?

 

29 Respostas to “”

  1. [...] GALERIA DE IMAGENS AQUI [...]

    • bruna alves de lima roque Says:

      cada dia que passa as crianças estão sendo mais obrigadas a trabalhar cada vez mais por isso não devemos contribuir para que essas crianças sejam exploradas …

  2. Bertegani Says:

    Trabalhar nunca foi um abuso mesmo que seja por uma criança
    os valores estão invertidos mesmo. Ser veado saptão é moderno ser ladrão é ter respeito ser vagabundo é o certo. Ja foi dito que o homen justo teria vergonha de viver nos tempos que viriam . Ja chegamos

    • caroline Says:

      claro que o trabalho é uma abuso quando se é excessivo ainda mais quando se é uma criança que está trabalhando.
      concordo quando voc’ dise q os valores estão mudando,mas obviamente nós naum podemos aceitar tudo o que está acontecendo com a sociedade.
      ser ládrão?? é ter respeito??? não na minha opnião, ser vagabundo é certo só quando a pessoa deseja viver para sempre as custas de pai e mãe etc.. oq eu naum acho certo uma pessoa maior de idade naum ter interesse por nada na vida..
      Podemos ter chegado no tempo em que os valores estão mudando,mas não creio que o homem justo deve ter vergonha de ser justo e honesto acho que ele deveria ter vergonha sim,mas de ser corrupto e um vagabundo.

  3. Andi Pope Says:

    Bertegani acho que nao podemos ser radicais. Acho que um pouco de trabalho nao faz mal, mas um trabalho digno, bem renumerado, possivel (porque parece impossivel que uma crianca de 15 kgs carregue uma pa de 3 kgs com + 3 kgs carvao).
    Colocar uma crianca 8 horas por dia, ganhando nada, fazendo o trabalho de um adulto eh um abuso.
    Por que nao fabricar artezanato uma ou duas horas por dia em casa? Ensina o valor do trabalho, é ludico, etc.
    Não é dificil do governo dar subsidio a esta atividade. Agora, resta saber como coibir que isto se transforme numa atividade de 8 horas por diaa, etc.

  4. PEDRÃO-RJ Says:

    O grande mal da humanidade é sempre achar que o governo é responsável por tudo, que o governo tem que dar subsídios, que o governo tem que dar um jeito em suas vidas.

    Meus pais sempre trabalharam pesado desde os 12 anos. Minha mãe de doméstica e meu pai de confeiteiro de padaria. Nunca ficaram assistindo a vida passar e esperando a ajuda de ninguém.

    A minha vida nunca foi um mar de rosas, mas também agradeço aos meus pais por nunca ter passado fome. Sempre tivemos uma vida humilde e digna.
    Aos 11 anos eu queria uma caixa de lápis-de-cor com 48 cores, mas meus pais só podiam me dar a de 12 cores. Eu não aguardei a ajuda do governo e nem de ninguém pra ter o que eu almejava, por isso comecei a vender revistas antigas e gibis, acabei assim juntando o dinheiro necessário e até mais, pois não parei de trabalhar desde então.
    Hoje sou advogado, tenho meu carro, tenho meu apartamento e levo uma vida folgada.

    Por isso eu acho que se você quer alguma coisa, você tem que perseguir essa coisa até conquistá-la.

    Acho que trabalho não denigre a imagem de ninguém. Mas também acho que lugar de criança (até 12 anos) é estudando e brincando. Passou dos 12 anos já tem que saber o valor da vida, o valor do dinheiro e o que de bom o trabalho pode lhe trazer.

    Do contrário, sempre iremos depender de ajuda.

  5. [...] . Veja Também Trabalho Infantil [...]

  6. EU ADOREI AS IMAGENS, MEU TRABALHO DE GEOGRAFIS FICOU O MAXIMO FICOU O MAXIMO…………VALEU DE MAIS

  7. matheus Says:

    eu achei as fotos muito legais, o meu Trabalho de História sobre Trabalho infantiu ficou melhor de todos.

  8. samantha Says:

    nossas crianças sofrem demais

  9. Rayane Montanini Says:

    Nossa…Fikeii Emoxionada com essas ftos… Depois me dizem e não acredito.. `AGENTE RECLAMA DE BOCA CHEIA´ =X

  10. Paulo Viola Says:

    essa é o efeito da politica

  11. julliana Says:

    isso é muito triste

  12. julliana Says:

    meu trabalho ficou filé d+

  13. Noooosssa que INCRUELDADE nessas fotos !! ;( … :@

  14. Aline Rodrigues Says:

    ACHEI MUITO INTERESSANTE ESTUDAR SOBRE OA EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL NA MATERIA DE HISTORIA

  15. eu achei muito interessante esse tema de crianças pobre trabalhando para ser sutenta

  16. nu tem ki sabi kontrola nos vontadi…principalmenti nos necesidadi materal…i fortaleci nos ladu espiritual…so des forma nu ka ta kori risku di maxuka nos proximu i nos propiu pesoua

  17. cinthia Says:

    que absurdo que maltrataçao essas pessoa devem ser castigadas

  18. juliana Says:

    brigado ae pela ajuda meu trabalho ficou muito massa e espero que isso pare de arrastar nossas crianças trabalho infantil to fora spero que vc tbm

  19. jenifer moreira Says:

    eu tenho do dessas crianças que estao na rua trabalhando pra ganha dinheiro a lei dis
    que as crianças nao pode trabalha abaixo de 15 anos so a cima de 15 ou16 anos

  20. eu acho o trabalho infantil ridiculo tira o estudo das crianças !!! ai vem a pergunta o que elas vao ser no futuro ???!!! esse a pergunta mais preucupante …etc

  21. exploração total como q o ser humano consegue ser tão rude com crianças

  22. oi gente então criançãs precisan mais que estudar para quendo crescer ser alguen na vida delas o trabalho infatil eu acho uma coisa muito errada que tira o estudo das crianças e o que elas vão ter no futuro?
    se eu pudesse eu tirava todos eles (as)dai é so isso que eu tenho para falar eu sou milhonaria muita gente é milhonária rico e não gosta dos pobrees eu não sou assim não eu ajudo os pobres não xingo uma vez vez eu tava no park de são paulo e daii veio un garoto me pedindo r$1,00 eu dei r$50,00 a eles dois e levei para minha manção tratei deles dois e até hj eles estão com migo muito obrigada bay bay

  23. Jean gomes Says:

    enquanto nós muitas das vezes temos,saude,roupa,alimento; e ainda assim,reclamamos da vida q temos.
    Ja na Africa, pessoas morrem todos os dias por fauta de comida.
    Eu confesso q sozinho nao tenho como ir e ajuda-los,mais todos nós reunidos se quisessemos combateriamos essa tao grande miséria; nós temos q sermos mais humilde,nao pensando só em nos mesmos,mais naqueles q precisam mais do que nós.
    DEUS diz: q temos q amar os outros como a nós mesm,tadavia acabamos sendo egoístas e pensando apenas em nós.

  24. Marta Menezes Says:

    Este é o retrato de uma humanidade que se esqueçe de seu Criador e de seus propósitos para uma vida onde nunca mendigarão o pão. Deus quer cuidar, Ele quer que nós o aceitemos e creiamos no que seu Filho fez por nós. O mundo tem se virado as costas para Deus, estamos vivendo o verdadeiro antropocentrismo nestes dias.
    Uma geração maligna, sem valores está se formando, sem principios e amor, onde crianças assistem terríveis homicideos e nem se comovem, achando normal, pais violentando seus próprios filhos, mães se preocupando em trabalhar e deixando seus filhos a mercê de terceiros, crianças sendo abusadas em casas, em creçhes. O mundo está cheio de ódio, de ciladas, de homens sanguinários, o mundo tem cheirado as drogas que se chaman hoje leis.
    Leis desiguais, leis cruéis para os muitos carentes, leis que protegem colarinhos brancos e mantém de pé líderes que ditam quem vive ou quem morre.
    Oh! Deus, cuida dessas crianças que hoje estão aqui comigo,Oh! Deus, sustenta essa geração que ainda clama por ti.

  25. enquanto agente reclama por trabalhar eles que trabalhão forçados sem direito a descanso ou a exigir seus direitos …..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 264 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: